Linha do Tempo - Valdemir Gabriel

1971

Dia 26/01/1971, nasce na zona rural (Faz. Matozinho localizada no município de Bauru-SP) mais um menino que foi registrado pelos seus pais (Benedito Gabriel Vieira e Alaíde da Costa Vieira) com o nome de Valdemir Gabriel Vieira.

1972

Com menos de um ano de idade, esse menino vai para a periferia da Cidade de Bauru e vive lá por mais de cinco anos.

1976

Aos seis anos de idade, volta para a zona rural com seus pais e irmãos (Valdir e Valmir), pois seu pai é contratado para administrar uma fazenda (Faz. Santo Inácio, bairro Água do Paiol, Município de Bauru). Fez o primeiro grau em uma escola do bairro.

1982

Com onze anos de idade, inicia sua vida profissional sendo contratado para trabalhar em serviços gerais na fazenda, desistindo de estudar por gostar de trabalhar com a lida de gado.

1984

Com treze anos de idade, quando ganha uma irmã (Valdirene) já assume a liderança da equipe da fazenda que atuava em campo com o manuseio do gado, ajudando assim seu pai a administrar a fazenda.

1987

Com dezesseis anos de idade, apaixona-se pelo mundo do rodeio e inicia uma vida paralela a seu trabalho montando em cavalos nos rodeios, profissionalizando-se aos dezessete anos e se mantendo-se até os vinte e quatro.

1992

Em 1992, já com 21 anos, casado e esperando o nascimento do primeiro filho é dispensado da fazenda, sem nem mesmo receber o salário do mês. Voltando para a cidade, trabalha de servente de pedreiro por menos de um mês. Volta para a zona rural, devido à dificuldade de adaptação na zona urbana, arrendando um sítio para tirar leite e vender na cidade. Levando paralelamente a vida de peão de rodeio, consegue, em quatro anos, adquirir 18 vacas leiteiras, até que um dia, uma terrível tempestade mata todas as suas vaquinhas de estimação. Vê-se sem saída e principalmente por ter de sustentar agora dois filhos (um de quatro anos, Rafael, e outro recém nascido, Thiago).

1996

Em 1996, Valdemir volta para a cidade de Bauru e inicia uma nova trajetória de vida: conseguir se adaptar na cidade grande e sustentar sua família mesmo nessa fase difícil. Começa a fazer cobrança de cheques sem fundos para postos de gasolina com uma moto velha e consegue serviço em uma rotisserie para trabalhar paralelamente com a cobrança. A partir daí, deixa a vida de peão de rodeio para se dedicar totalmente a trabalhos que garantissem com segurança o sustento de sua família. Quatro anos após ter iniciado na rotisserie lavando banheiro, já é Gerente e Sócio em uma pizzaria.

2000

Em 2000 é convidado para trabalhar de motorista em uma empresa importadora de insumos de produtos para reciclagem de cartuchos que estava iniciando suas atividades em Bauru. Aceita o desafio sem nem mesmo saber ligar um computador, iniciando um novo ciclo na busca de conhecimentos.

2004

Em 2004 já era Gerente Comercial da empresa (Dalmeida Brasil), devido ao seu empenho em aprender todas as atividades desenvolvidas pela organização. Nesse mesmo ano, conhece um novo filho, que já tinha dezessete anos de idade, filho este que desconfiava ter e procurava se aproximar desde seus primeiros dias de vida. Nesse momento da sua vida, sente-se pressionado a apresentar resultados para àqueles que confiaram em seu potencial (a Dalmeida era uma organização que tinha um mercado oportuno em nível nacional e internacional e havia apostado nele como Gerente) e também sente maior responsabilidade por ter sido abençoado em conhecer mais um filho maravilhoso, sendo agora três que dependiam do bom exemplo do pai. Descobriu nesse ano (2004) a ferramenta mais importante para o crescimento do ser humano: “leitura”. Leu 14 livros dentro do ano (Semente da Vitória, O Poder do Subconsciente, Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas, O Monge e o Executivo, O Segredo do Sucesso, Os Princípios do Sucesso, Quem Mexeu no Meu Queijo, O Segredo, A Lei da Atração, O Poder do Agora, As Vinte e Uma Leis da Liderança,...). A leitura abriu sua mente e voltou a estudar, tendo cursando o ensino fundamental e o médio no Mobral em um ano e meio.

2006

No final de 2006, quando termina o ensino médio, dá inicio aos treinamentos caseiros apoiado pelo seu irmão Valdir para os vestibulares, conseguindo a aprovação entre os primeiros lugares nas Universidades Particulares. Isso o incentivou a iniciar duas faculdades ao mesmo tempo (Administração e Psicologia). Conseguindo tocá-las juntas somente no primeiro semestre, precisando escolher uma e deixar a outra para quando terminasse a escolhida. Optou pelo curso de Administração de Empresas na Faculdade de Agudos-SP (Faag).

2007

No primeiro ano de faculdade (2007), deu pouca atenção às ferramentas oferecidas pelos professores. Mesmo assim conseguiu montar o planejamento para abrir a primeira empresa em Bauru-SP (Ágil Prestadora de Serviço). Neste mesmo ano, conhece uma pessoa especial (Damaris) que o ajudou e o apoiou em seu novo planejamento de vida.

2008

No segundo ano do curso (2008), teve a idéia de abrir mais uma empresa em Franca-SP para atender o Triângulo Mineiro como revenda da empresa em que trabalha (Dalmeida Brasil). A proposta foi aceita e iniciaram-se as ações. A partir daí, começa a perceber a necessidade de ter um sócio que dominasse a área administrativa, pois Valdemir é totalmente comercial. Convidou seu irmão Valmir para fazer parte desta empreitada e ele aceitou, sendo que isso fortaleceu totalmente o controle financeiro das empresas. No final de 2008, identifica juntamente com seu sócio várias pessoas com potencial para receberem treinamento e serem sócios de negócios. Pessoas que só precisavam de oportunidade para desempenharem um bom trabalho como empresários. Treinando essas pessoas nas unidades já existentes, começa a buscar no mercado que seguimento entrar. Identifica o mercado de reciclagem de cartuchos como uma boa oportunidade.

2009

No início de 2009, os sócios (Valmir e Valdemir) abrem sua primeira empresa do grupo i9 na Cidade de São Carlos-SP com um dos sócios identificado pelo potencial comercial (Roberto Agulhare). Neste mesmo ano, compram (juntamente com os outros dois sócios que foram identificados pelo potencial empresarial, Roberto Vieira e Kátia Shoda) uma empresa líder de mercado no ramo de reciclagem profissional de cartuchos jato de tinta e laser e com sete anos de atuação na Cidade de Goiânia-GO.

2010

No início de 2010, os sócios (Valmir e Valdemir) abrem mais quatro empresas e unem-se a uma das maiores do ramo de automação comercial. O grupo i9 faz fusão com uma empresa de vinte anos de mercado no ramo de automação comercial (Actec Informática) e em seguida compra seus direitos de atuação na região. Nasce a i9 Tecnologia, surgindo a partir daí um novo produto (Gestão de Impressão). Pode-se dizer que, até então, esse foi o maior “marco” dos dois sócios, Valmir e Valdemir, na parte empresarial.

2011

Em 2011, Valdemir começa a receber retorno de todos os seus esforços. No dia 28/01, em sua colação de grau como Bacharel em Administração, é surpreendido pela premiação de melhor aluno da turma, cumprindo todos os pré-requisitos e com a maior nota. Recebe também a premiação de honra ao mérito do Juiz da CRA, sendo homenageado com uma placa honrosa por ser destaque das turmas de ADM que se formaram no ano de 2010 na FAAG de Agudos-SP. Dando início a partir daí na pós graduação em Gestão de Projetos. Neste mesmo ano surge uma nova idéia e os sócios dão inicio a mais um empreendimento, agora, na área de bebidas e nasce a i9 coffee, empresa que veio para atender às demandas de café expresso e similares. Neste momento Valdemir também começa a se destacar como palestrante e treinador na área comportamental e Gestão de Pessoas.

2012

Em 2012, Valdemir resolve dar atenção a sua missão de vida descoberta no final de 2011 em sua nova busca quando ingressou na Formação em Coaching e em três especializações na área de pessoas (Gestão de Pessoas com ênfase em Coaching; Terapia de Casais e Família; e Psicodrama). Nesse momento teve a certeza que nasceu para “Desenvolver pessoas, aprender com elas e assim multiplicar os conhecimentos”. Mais uma vez por fazer tudo com amor, dedicação e empenho foi reconhecido e convidado para ser Coautor do livro “Grandes Mestres Ensinam como Alcançar Resultados Extraordinários na Vida Pessoal e Profissional”. Logo começa ser procurado por vários Coaches formados em diversas instituições para apoiá-los a entrar no mercado de trabalho e sobreviverem da profissão. Mais uma vez seu sangue empreendedor entra em ação e ele com sua esposa, também Coach, Damaris Pádua dão início ao projeto de formação de Coaches na Prática e a primeira turma começa a ser selecionada.

2013

Em janeiro de 2013, Valdemir e Damaris dão início à primeira turma inscrita para Formação em Coachig na Prática e o curso é formatado em três pilares: "Ouvir na Essência", "Amar o Próximo acima de tudo". "Fazer com Amor". Novamente é reconhecido pelo seu trabalho e começa a ser contratado pelas principais Empresas e Prefeituras da região para ministrar Coaching Empresarial e de Liderança, também começa se destacar como Coaching de Casais salvando e dando vida em casamentos que já pareciam destruídos. Devido o grande sucesso dos treinamentos, coaching em company e também nos cursos abertos, formata junto aos Coaches Damaris Pádua e Nelson Dominguez a formação em Programação Neurolinguística e a primeira turma dá início na cidade de Bauru-SP. Com o grande sucesso também do novo projeto Valdemir e Damaris vê a necessidade de construir o prédio próprio da Comprática para ministrar os treinamentos e dão início ao Centro de Treinamento “Vivencial” (Capelo Gaivota), sendo construído no sítio recém-adquirido pela família na cidade de Fernão-SP, localizada a 30 minutos de Bauru. Novo convite é feito para Valdemir e Damaris serem Coautores dos livros “Coaching e Mentoring” e “Coaching de Alta Performance” e passam a serem referência como Professores em Coaching e Programação Neurolinguística em Bauru e Região.

2014

Valdemir passa ser referência no Brasil em Coaching Empresarial, sendo considerado um dos Coaches mais atuantes do mercado Nacional. E o Treinamento ”Líder Coach Humanizado” ministrado por ele em parceria com o Instituto Comprática que oferece desenvolvimento humano a partir de mudanças comportamentais, começa ser procurado por várias empresas do Brasil devido os resultados positivos para aqueles que passam por ele. Ficando impossível atender toda demanda, Valdemir com sua visão empreendedora investe fortemente na construção do Centro de Treinamento “Capelo Gaivota” que será a sede da Comprática e adianta o projeto em três anos. Com isso termina o CT e consegue atender as inúmeras demandas da área empresarial e do terceiro setor (projetos sociais). Nesse momento Valdemir sente-se muito bem por ver seus sonhos profissionais e pessoais serem realizados ao mesmo tempo. Alcançando o sonho de todos os seres humanos: trabalhar em algo que ama de paixão e que faz parte de sua Missão, sendo a missão do Valdemir Gabriel "Desenvolver Pessoas, Aprender com Elas e Assim Multiplicar Conhecimentos".

2015

Em 2015, Valdemir à frente do Instituto Comprática, expande os horizontes através da abertura de 7 filiais pelo Brasil (João Pessoa-PB; São José do Rio Preto-SP; Uberaba-MG; Salvador-BA; Marília-SP; Lençóis-SP; São José dos Campos-SP). Mais uma vez seu sangue empreendedor leva seu negócio a destacar-se em nível nacional. Com os principais produtos "Líder Coach Humanizado", o treinamento de liderança que acredita que “líderes Humanizados”, podem proporcionar um ambiente de trabalho mais harmônico, propício para o desenvolvimento humano e o crescimento profissional dos colaboradores. Podendo as empresas obterem redução de despesas com efetivo crescimento na produção, redução do turnover e consequentemente aumento dos lucros. Após esse treinamento ser apreciado por todos os níveis possíveis de avaliadores e críticos com conhecimento do assunto, liderança, e ser aprovado 100% em todos os quesitos, o mercado se abre de forma brilhante e Valdemir começa a ser contratado para ministrar treinamentos para as principais organizações e órgãos do Brasil. Nessa oportunidade outro produto do Instituto começa a se destacar no mercado "Formação em Coaching na Prática", a única formação em Coaching do Brasil que oferece a prática como conteúdo principal do curso utilizando o método TBL (team-based learning), em português significa: aprendizagem baseada em equipe. Com isso o curso começa ser procurado pelo seu diferencial e mais uma vez o mercado se abre de forma significativa e o Instituto que o Valdemir é presidente cresce 400% em tempos de crise econômica e social no país. Isso mostra, por mais uma vez, que quem pensa em crise vive ela, e quem age em tempos de crise usa ela como trampolim rumo ao seu sucesso.

Voltar